sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Meu pai e o palhaço

Palhaço Torresmo (1918-1996)
Um dia meu pai chegou e falou que o (palhaço) Torresmo me havia mandado um abraço. Achei estranho... meu pai estaria brincando? Torresmo foi um dos meus ídolos na infância, algo do tipo que as crianças de hoje não sabem bem o que seja. Passado o susto, soube que realmente aconteceu o encontro de meu pai com o palhaço. Dois ídolos de minha infância se encontraram e falaram de mim, puxa! É bom lembrar disso! Hoje os dois não mais estão aqui... mas continuam a morar no cantinho alegre de meu coração! (Robson Gimenes)